Faixa

Se vou, não sei para onde ir
E se fico não sei porquê fiquei
Se vou e volto não sei onde cheguei
E se tenho todas as respostas, de que me vale o conseguir?

Se é que consigo, o que não sei dizer
E se tempo perco não sei o que fazer
As lágrimas que escondo hoje
Caem amanhã no cair da noite

Os anseios de meu dizimado ser
Os receios que dizia não ter
Tudo se encaixa em uma velha caixa

Há um rótulo nela
Sua faixa
Pode ser lida
Seu nome... vida

26.09.2016


A queda do erro

O que sei é nunca soube de nada
sobre o que é amar e ser amada
O que busco é algo que nunca busquei
aquela paz ao lado de quem amei

Mas mais que o pretérito
quero teu sorriso, presente, certo

Se antes o sentimento era doloroso
hoje é a morfina do corpo todo
através da metamorfose que sofreu
permitiu-me sair, enfim, daquele breu

Permaneço sendo o demônio expulso do céu
mas fui acolhida nos braços
do Anjo Maior
o residente do inferno que é meu coração
banhado em fel

Agora finalmente creio que alguém como eu
pode de fato ser feliz
plenamente
completamente
Mesmo diante de todo o mal que me acometeu

Dizem que o amor nos deixa cegos
e propensos aos erros certos
no entanto, se tem algo que aprendi
é que de amor sou feita e de que fui feita
somente para ti

Não estou cega
não estou errada
Finalmente enxergo o mundo
Vejo a vida, e não temo a estrada




Nova Edição da Revista Conexão Literatura


Mais uma edição super bacana de Conexão Literatura está disponível. 
Nosso destaque de capa ficou para Angela Ramalho, editora da A. R. 
Publisher que completa 1 ano de existência, mas que já possui em seu 
catálogo várias publicações e autores publicados. 

A editora vem incentivando cada vez mais escritores e como sempre estamos observando 
as editoras e autores que estão fazendo um bom trabalho. Confira nas 
páginas da revista a entrevista que fizemos com a guerreira que comanda 
a A. R. Publisher.
O leitor também poderá conferir entrevistas, contos, crônicas e uma 
matéria sobre Teoria da Conspiração, com dicas de filmes e livro. Você pode conferir a nova edição clicando na imagem abaixo!

Dez coisas que eu adoro em você *



Adoro o jeito que fala comigo
e como arruma o cabelo
Adoro como pilota sua moto
e adoro como nunca tem medo

Adoro seus tênis do tipo allstar
e como faz com que eu queria ficar
Eu adoro tanto isso em você
que agora sei o que é apaixonar

Adoro como está sempre certo
e adoro quando é sincero
Adoro como me faz gargalhar
e mais ainda quando me consola quando desabo a chorar

Adoro quando está perto mesmo longe
e fato de sempre me ligar
Mas eu adoro principalmente
poder te amar
mais que tudo
mais que qualquer coisa
amo apenas por te amar


*** Paráfrase do poema feito por Kat a Patrick no filme 10 Coisas que Odeio em Você

" Jovem promessa da literatura nacional comenta sobre seus livros e influência " Entrevista para Revista Conexão Literatura

Como prometido, segue o link da entrevista que dei para a Revista Conexão Literatura, agora parceira do blog...

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Conte pra gente como foi seu início no meio literário, influências, etc.

Thays Martins de Paiva: Bom, minha mãe é professora de português então desde sempre ela, de alguma forma, me influenciou. Lembro-me do dia em que ela foi comigo até a escola ela dava aula – e eu passei a estudar – para fazer uma conta na biblioteca. A partir daí eu estava sempre lá. Mas confesso que grande parte do meu amor pela leitura começou depois que conheci Harry Potter. Após  ler o primeiro livro da saga em menos de um dia, pedir o segundo e em seguida devora-lo na mesma velocidade não parei mais de ler. 

Confira a entrevista completa através do LINK

Não deixe de conhecer o site da Revista!


Regeneration



permita-me que eu me apresente, sozinha


eu sou o inverno que morre pouco antes do verão
eu sou a neve que derrete aos primeiros raios de sol
aquela quantidade de sangue que não chega no coração

eu sou a Lua na sua fase escura
o lado sombrio da estrela mais brilhante
Eu Não Sou o que devia ser, eu não venço
minha própria luta

permita-me que eu me apresente, ao seu lado

cada célula do meu corpo encontra a cura
Mas somos feitos de muitas, portanto
o processo é lento
mas não me abato, pois tenho você
ao meu lado

aos poucos, a luz que emana de teu ser
me preenche e me faz viver
me faz querer
os escritos possuem um sentido
eternizar e enfim, eternizo


[Cada ferida é cicatrizada
cada dor é amenizada]

ao seu lado
não me rendo
não hesito
não choro
e se choro
eu sorrio

ao seu lado
 meu corpo, antes, destruído
antes sem vida
antes alterado
se reconstrói, se regenera, se permite
ser amado

ao seu lado
sou livre
sou minha
sou nós dois

ao seu lado
eu sou







Parceria Revista Conexão Literatura

O Estranho Mundo de Thays fechou parceria com a Revista Conexão Literatura. 

É muito interessante e vale a pena a leitura. Em breve, haverá uma entrevista comigo lá '-'

Para saber mais sobre a revisa, inclusive, para acessar à última edição você pode clicar nos links abaixo:

Edição Agosto/2016

























Site Conexão Literatura