Postagens

Tempus

Imagem
A impaciência que rege meus incautos restos mortais são impassíveis de compreensão.  Tão pouco essa minha suposta depressão. "Eu não quero ter medo... Eu não quero morrer por dentro apenas por respirar" . O reflexo que me forçam encarar todos os dias antes de sair de minha casa causa-me repulsa. Seria capaz algum ser humano amar algo tão fugaz?

Desprovida de qualquer semelhança com algo bonito. Meus traços são marcados... pela horrenda máscara que o universo me força a usar. Antes uma lipotimia tomar conta de mim a ter que encarar a esse erro novamente.

Os receios são tantos que temo me temer. A inquietação pela qual meu machucado coração passa todos os dias ao me deparar com a possível ideia do abandono faz-se presente uma vez mais. São tantos seres melhores para se ter por perto, por que haveria você de querer algo tão singelo?

"Eu sei que vou cair. " É como se todo meu destino tivesse sido traçado em um passado nem tão distante. Cada passo é um erro, cada escolh…

Lumus

Imagem
"Who cares if one more light goes out in the sky of a million stars? (...) Well I do"
"Eu deveria ter ficado, houve algum sinal que ignorei?  Posso te ajudar a não se machucar mais?"
"If a moment is all we are
We're quicker, quicker
Who cares if one more light goes out?
Well, I do"



" Quando minha hora chegar, Esqueça os erros que eu cometi, me ajude a deixar para trás algumas, Razões para ser lembrado "

Eu sonhei que você estava perdido, eu estava tão assustada. Depois do meu sonho, eu acordei em prantos. Você não estava do meu lado. Eu temi que tivesse me abandonado."Não fique resssentido comigo, e quando se sentir vazio me mantenha em sua mente. " Eu sou forte olhando de fora, mas posso me quebrar... Assim como você. Somos imperfeitos, mas menos e menos somam mais. Não esqueça os erros que cometi, mas encontre na sua alma repleta de luz uma razão para perdoar. Fizemos tudo o que podíamos? Não, ainda podemos ir mais longe.

Minha hora log…

Breviarium

Serei breve.

Não usarei palavras díficeis, como sempre.
Mas como sempre, você me fez sorrir.

Durante a madrugada, fitando a escuridão de meu quarto sombrio manchados de meus olhares tristonhos e pintados por minhas dores horrendas, eu sorri. Ninguém viu o sorriso torto, mas eu senti. O motivo? Seu rosto me veio à mente. Há poucos dias eu estava do seu lado. Aconchegada em seu abraço. Eu já havia me esquecido da última vez que eu ficara tão feliz. A felicidade não é algo a ser buscado, é algo vivenciado. E desde aquele famigerado dia nove que ela tem feito parte de minha vida. Até mesmo naqueles dias tristes em que sua ausência se fez presente.
Esse é mais um texto em prosa em que desabafo meu sentimento, se é que já existe algum. Perdão pela invasão, pela intensidade, por ser assim. Mas esse é meu jeito de mostrar que me importo. Quando você passou mal eu fiquei com medo. Mas no fim ficou tudo bem. Graças a Odin...Thor, não sei. Eu sei que existe algo em você que se importa comigo, um…

Drinks

Imagem
tá vendo esse sorriso que você coloca no rosto involutariamente? quando olha pra mim ah! eu me entrego, de todas as formas, sem hesitar, fielmente"
Tá vendo essa cantada barata que me faz eu não resito é tudo o que preciso, é uma das coisas que me satisfaz
***
você fuma seu cigarro você bebe sua cerveja você desgusta sua cachaça e eu só que quero que me veja
e você vê você quer, até então e eu me entrego com toda emoção
e aquele álcool que compramos juntos absolutos percorro teu corpo com minhas mãos quebradas me permito lhe sentir com meus modos corruptos
seus lábios marcados seu rosto jamais trincado seu corpo desenhado seu espírito por deus banhado
sua voz pelos anjos abençoada sua personalidade por Ele amansada sua estima por todos anseada eu te quero pela eternidade banhada
seus cachos, seu cabelo sua vida, meu receio seu toque, meu calafrio sua sentença, meu maior desafio
[você: minha droga, minha melhor heroína  cansada jamais dessa carisma]
eu poderita fitar seu sorriso …

Sobre a soturnez

Imagem
Eu abro os olhos, mas não acordo
Forço a mente, mas nada recordo
Ninguém é capaz de entender meu
desespero
Ninguém se importa com o meu
apelo


Eu tenho tanto medo do ferimento
Que escondo todo e qualquer sentimentoo
Eu temo tanto o álcool e o choro
Que não permito alegria nem gozo

Eu não possuo condições de tal agonia
Queria poder partir,
Mas ainda me resta algum dia

Não são capazes de ver o esforço
O que vêm por fora é só um esboço
Eu sofro em silêncio as dores gritadas
Eu enterro minhas angústias agitadas

Eu travo lutas todos os dias contra mim
Mas perco a bata sempre
Neste guerra sem glória nem fim.


Borboletas no... fígado

Todas as borboletas que haviam no campo fizeram morada em meu...fígado. Eu as matei com o álcool que você me deu. Traguei seu perfume como o fumante desesperado traga o último cigarro. Morri todos os dias de sua ausência. A abstinência se tornou parte de meu corpo, abandonado pelo seu. Hora morria de câncer, depois de tragar seu cheiro. Hora morria de abstinência. Sem sua presença meu corpo desfalece. De todas as drogas que existem nesse sórdido mundo eu fui experimentar a única para qual não existe tratamento. Você. A única solução é continuar usando. Quem sabe tenho uma overdose e morro feliz.

Análogo

Imagem
É um caminhar solitário. Todos os dias quando abro os olhos e fito a claridade que o sol dispõe sob  minha janela que dormiu aberta. E então, em um esforço desnecessário, mas rotineiro consigo forçar meu corpo a sair desse objeto que tanto amo,  mas não devido àquele sentimento que muitos jovens ousam "sentir" ... prostração.
Sinto um pulsar mais forte em meu peito, mas sei que não é o órgão responsável por enviar fluídos pútridos ao restante de meu envoltório sem valor. Logo, penso. Chegou a hora? Já estava demorando demais, no entanto, a dor que senti abaixo dessa "tosca caixa toráxica" cessa. E então lamento, pois será mais um dia, uma semana, um mês que terei de encontrar formas de colocar nesse rosto manchado de agonias passadas, cansado de rituais frívolos, e desmerecedor de tantos olhares fingidos... uma expressão amábile.
Cansei de tentar justificar, explicar aos desprovidos da capacidade de entendimento de tal desgosto o que se passar nesse meu cérebro da…