10 de setembro de 2012

Refúgio.

São nestes versos que me refugio. Sabe-se lá do que. Das angústias que me perseguem, dessa força que me traz ao chão e que me prende não me deixando respirar. É no ato de escrever que minha dor cessa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale comigo, estranho!

SORTEIO de 4 livros!

Oi, galerinha. O Estranho Mundo de Thays vai realizar o sorteio de 4 livros. Isso mesmo! QUATRO livros para vocês. Quando o blog atingir a...