28 de janeiro de 2013

Semente



E morre lentamente
De volta à condição de semente
De onde nunca deveria ter saído
Um, dois...Deu seu último suspiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale comigo, estranho!

Mutter

Queria eu ser capaz de encontrar palavras melhores que pudessem expressar meu amor sagaz Ainda com meu título de escritora carrego no...