Codinome

"Eu morro na sua dor"
Eu caio no abismo do amargor
Eles cavaram minha cova preta
Me mataram com um tiro de escopeta

No meu mal caminho trilhado
O que tanto busquei, jamais encontrado
Não sou o que sou, não sou nada do que era
Meu eu morreu quando o marquei com a fera

A besta que chama meu nome
Meu codinome é o dela, a todos somem
Seu nome é morte, e o meu também
A diferença é que ela leva, eu sou o que vem.

11.03.13 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nômade

Lupus- Parte I