18 de março de 2013

Codinome

"Eu morro na sua dor"
Eu caio no abismo do amargor
Eles cavaram minha cova preta
Me mataram com um tiro de escopeta

No meu mal caminho trilhado
O que tanto busquei, jamais encontrado
Não sou o que sou, não sou nada do que era
Meu eu morreu quando o marquei com a fera

A besta que chama meu nome
Meu codinome é o dela, a todos somem
Seu nome é morte, e o meu também
A diferença é que ela leva, eu sou o que vem.

11.03.13 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale comigo, estranho!

Mutter

Queria eu ser capaz de encontrar palavras melhores que pudessem expressar meu amor sagaz Ainda com meu título de escritora carrego no...