1 de janeiro de 2014

O ano é novo, mas os sonhos são velhos.
E em pouco tempo tudo será esquecido
Como eu
Como o outro ano.
Seremos pó e quem sabe menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale comigo, estranho!

A Pianista (e a) Sereia - Parte II

Camni estava em sua casa antes abandonada e malcuidada, pois a maioria dos moradores do bairro não ousaram entrar na casa após a saída dos ...