1 de janeiro de 2014

O ano é novo, mas os sonhos são velhos.
E em pouco tempo tudo será esquecido
Como eu
Como o outro ano.
Seremos pó e quem sabe menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale comigo, estranho!

Mutter

Queria eu ser capaz de encontrar palavras melhores que pudessem expressar meu amor sagaz Ainda com meu título de escritora carrego no...