A queda do erro

O que sei é nunca soube de nada
sobre o que é amar e ser amada
O que busco é algo que nunca busquei
aquela paz ao lado de quem amei

Mas mais que o pretérito
quero teu sorriso, presente, certo

Se antes o sentimento era doloroso
hoje é a morfina do corpo todo
através da metamorfose que sofreu
permitiu-me sair, enfim, daquele breu

Permaneço sendo o demônio expulso do céu
mas fui acolhida nos braços
do Anjo Maior
o residente do inferno que é meu coração
banhado em fel

Agora finalmente creio que alguém como eu
pode de fato ser feliz
plenamente
completamente
Mesmo diante de todo o mal que me acometeu

Dizem que o amor nos deixa cegos
e propensos aos erros certos
no entanto, se tem algo que aprendi
é que de amor sou feita e de que fui feita
somente para ti

Não estou cega
não estou errada
Finalmente enxergo o mundo
Vejo a vida, e não temo a estrada




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê-me sua opinião, ela é muito importante!!!