22 de janeiro de 2018

Tempus

A impaciência que rege meus incautos restos mortais são impassíveis de compreensão.  Tão pouco essa minha suposta depressão. "Eu não quero ter medo... Eu não quero morrer por dentro apenas por respirar" . O reflexo que me forçam encarar todos os dias antes de sair de minha casa causa-me repulsa. Seria capaz algum ser humano amar algo tão fugaz?

Desprovida de qualquer semelhança com algo bonito. Meus traços são marcados... pela horrenda máscara que o universo me força a usar. Antes uma lipotimia tomar conta de mim a ter que encarar a esse erro novamente.

Os receios são tantos que temo me temer. A inquietação pela qual meu machucado coração passa todos os dias ao me deparar com a possível ideia do abandono faz-se presente uma vez mais. São tantos seres melhores para se ter por perto, por que haveria você de querer algo tão singelo?

"Eu sei que vou cair. " É como se todo meu destino tivesse sido traçado em um passado nem tão distante. Cada passo é um erro, cada escolha diversas renúncias, mas nenhuma que valha a pena. "Eu sou o erro na matriz do universo".

Cólera que me cobre o peito. Soco as paredes na busca do sossego.

Não há saída para o cão condenado. O lobo solitário. O leão acabado. Busco conforto em papeis escritos pelas mãos de outrem, uma vez que as minhas deterioradas estão de tanto enxugar de meus olhos líquidos salgados e em vão. 

Nas teclas brancas do piano busco um som. Encontro. É feito de acorde menores, tão soturnos quanto meu semblante. Vez ou outra encontro em mim um sorriso sincero, um afago certo e um motivo correto. No entanto, sempre me diz adeus e temo o dia em que não mais voltará. Até quando serei capaz de lhe cativar?

Queria eu ser capaz de encontrar as palavras corretas capazes de descrever o verdadeiro sentimento que se passa dentro de mim a respeito de mim mesma, mas todas as palavras que me vêm à cabeça são semelhantes as usadas para descrever o próprio demônio.

De manhã, quando abro os olhos e fito o teto branco de meu quarto, manchado de meus olhares passados chego à sombria conclusão de que "ainda que eu ande pelo vale das sombras" ei de temer apenas um mal. Seu nome... Tempo.





Leia Mais ►

17 de janeiro de 2018

Lumus

"Who cares if one more light goes out in the sky of a million stars? (...) Well I do"
"Eu deveria ter ficado, houve algum sinal que ignorei?
 Posso te ajudar a não se machucar mais?"

"If a moment is all we are
We're quicker, quicker
Who cares if one more light goes out?
Well, I do"




" Quando minha hora chegar, Esqueça os erros que eu cometi, me ajude a deixar para trás algumas, Razões para ser lembrado "


Eu sonhei que você estava perdido, eu estava tão assustada. Depois do meu sonho, eu acordei em prantos. Você não estava do meu lado. Eu temi que tivesse me abandonado."Não fique resssentido comigo, e quando se sentir vazio me mantenha em sua mente. " Eu sou forte olhando de fora, mas posso me quebrar... Assim como você. Somos imperfeitos, mas menos e menos somam mais. Não esqueça os erros que cometi, mas encontre na sua alma repleta de luz uma razão para perdoar. Fizemos tudo o que podíamos? Não, ainda podemos ir mais longe.

Minha hora logo chegará e não irei querer choro e lágrimas diante de meu caixão. Em meu leito de morte quero ver de fora, sorrisos daqueles me conheceram... alegres por terem feito parte de minha simplória, mas lutada vida. Será que alguém pode chegar e "me salvar de mim mesmo?" Se Anjos existem então me deparei com um... Em um bar qualquer longe de minha casa. E quando ele sorriu eu vi todas as estrelas do céu que até então estavam me esperando apagar e me juntar a elas.  

A luz que havia se apagado dentro de mim sugou um pouco de ar e como a Sininho ela voltou a brilhar. Meu riso e sorriso não são os mais belos do mundo,  mas o motivo deles surgirem em minha face tem nome e sobrenome... um sobrenome diferente da famigerada Alemanha, será? "Ninguém pode me salvar, não" , mas você nunca foi um ninguém, se nossos destinos tivessem  sido traçados nas estrelas então nosso encontro marcou a profecia certeira. 

"Eu não posso ser quem você é" então " deixe todo o resto " e se agarre a esse único momento que podemos ter... São 38 dias. São 38 noites em  que sua imagem velou meu sono. Toda minha energia que foi desperdiçada ao longo do ano anterior foi recarregada no seu abraço quente. Do seu beijo doce eu puxei luz, do seu sorriso eu absorvi vida, eu queria viver mais um dia... Pra lhe ver, e lhe encantar. Se Anjos podem ser cantados eu canto para ti a música de meu sentimento.

Ela foi composta através dos nossos gemidos baixos, e escrita na sua pele suada colada na minha. Passei para o papel a melodia que extrai de sua risada , e marquei em mim mesma os traços de seu corpo uma vez mesclados ao meu, juntos dois seres dançantes na balada eterna que é a vida sem rumo, mas garantida de alegria. A frequência  que somente nós dois somos capazes de atingir jamais poderá ser alterada ou quebrada, então eu lhe pergunto... ainda quer fazer parte dessa eterna música composta na partitura de nossos corpos,  cantada pelas nossas bocas coladas, e dançada por nossos pés descalços diante da imensidão que é o mar que ainda não fomos visitar?

Eu ainda tenho muito para  escrever o no momento minha maior inspiração é você.Seja parte dessa história que o Universo está escrevendo para nós. Se você tem duvidas pergunte a ele... Vale a pena mergulhar nessa Escuridão? E ele lhe dirá que sim, pois você é como a Luz de Ëarendil que ilumina até mesmo as Trevas. Puxa-me para cima, Anjo estou quase saindo desse breu, posso até enxergar você, de longe querendo ir embora, mas com uma pitada de receio. Então, agora...


"Voe ao meu lado,
Seja livre, pássaro
Porque eu já podia me imaginar
Correndo até você
Querendo te abraçar."









Leia Mais ►

16 de janeiro de 2018

Breviarium

Serei breve.

Não usarei palavras díficeis, como sempre.
Mas como sempre, você me fez sorrir.

Durante a madrugada, fitando a escuridão de meu quarto sombrio manchados de meus olhares tristonhos e pintados por minhas dores horrendas, eu sorri. Ninguém viu o sorriso torto, mas eu senti. O motivo? Seu rosto me veio à mente. Há poucos dias eu estava do seu lado. Aconchegada em seu abraço. Eu já havia me esquecido da última vez que eu ficara tão feliz. A felicidade não é algo a ser buscado, é algo vivenciado. E desde aquele famigerado dia nove que ela tem feito parte de minha vida. Até mesmo naqueles dias tristes em que sua ausência se fez presente.
Esse é mais um texto em prosa em que desabafo meu sentimento, se é que já existe algum. Perdão pela invasão, pela intensidade, por ser assim. Mas esse é meu jeito de mostrar que me importo. Quando você passou mal eu fiquei com medo. Mas no fim ficou tudo bem. Graças a Odin...Thor, não sei. Eu sei que existe algo em você que se importa comigo, um gostar. Eu vou me apegar a isso, e esquecer todo o resto, já dizia Linkin Park.
Leia Mais ►

13 de janeiro de 2018

Sobre a soturnez

Eu abro os olhos, mas não acordo
Forço a mente, mas nada recordo
Ninguém é capaz de entender meu
desespero
Ninguém se importa com o meu
apelo


Eu tenho tanto medo do ferimento
Que escondo todo e qualquer sentimentoo
Eu temo tanto o álcool e o choro
Que não permito alegria nem gozo

Eu não possuo condições de tal agonia
Queria poder partir,
Mas ainda me resta algum dia

Não são capazes de ver o esforço
O que vêm por fora é só um esboço
Eu sofro em silêncio as dores gritadas
Eu enterro minhas angústias agitadas

Eu travo lutas todos os dias contra mim
Mas perco a bata sempre
Neste guerra sem glória nem fim.


Leia Mais ►

7 de janeiro de 2018

Borboletas no... fígado

Todas as borboletas que haviam no campo fizeram morada em meu...fígado. Eu as matei com o álcool que você me deu. Traguei seu perfume como o fumante desesperado traga o último cigarro. Morri todos os dias de sua ausência. A abstinência se tornou parte de meu corpo, abandonado pelo seu. Hora morria de câncer, depois de tragar seu cheiro. Hora morria de abstinência. Sem sua presença meu corpo desfalece. De todas as drogas que existem nesse sórdido mundo eu fui experimentar a única para qual não existe tratamento. Você. A única solução é continuar usando. Quem sabe tenho uma overdose e morro feliz.
Leia Mais ►

Evoluir dói

não sei ao certo como começar esse texto. espero que um dia acorde como eu. é doloroso, parece que seus olhos vão se afogar nas próprias lá...