Let be Light

eu aprendi a trilhar os caminhos do inferno
morria todos os dias, sozinha, no meu inverno
até que um ser de luz fez-se presente em minha vida
beijei o sol, dancei com ele, e soube que eu tinha valia

vez por outra me perco em meio à sua beleza
mas mais que ela algo que me encanta é sua destreza
e se a felicidade não me encontra de manhã
busco seu rosto no sonho por mais que me custe um afã

e seu sorriso em minha direção reluzente
guardo na cansada mente
e crente
de que vai voltar
me contento, sem chorar

Onde você estava esse tempo todo?
Como consegue ser meu tordo?
Nem toda a gratidão do mundo seria capaz de expressar
o que meu "coração" sente ao lhe fitar, beijar, tocar

Em seu peito descanso e ouço as batidas de seu coração
calmas, como os tambores dos antigos nórdicos
e adoro quando aleatoriamente me canta uma canção

eu poderia fugir com você
para onde quer que me levasse
para onde quer que quisesse ir e ser
ao seu lado, permito todo o feitiço que me encantasse

adoro seu jeito de me olhar
e como me toca sem hesitar
bailamos juntos nossa própria música
adoro como me deixa sem estrutura

no momento, estou desprovida de palavras suficientes para descrever 
a alegria que sinto ao estar com você
ironia  do destino um escritor não saber escrever
mas sei de algo que nem o destino sabe
é contigo que quero viver










Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fade Away

"The Drug in me is you"

O que