13 de março de 2018

Despir

Despe-me com teu beijo
E me veste com teu cheiro
beija-me a boca sedenta
e com teu prazer me alimenta

me joga na cama e vem  por cima
eu lhe permito uma investida
segura meu cabelo com força
pode ser forte, não sou feita de louça

(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale comigo, estranho!

Evoluir dói

não sei ao certo como começar esse texto. espero que um dia acorde como eu. é doloroso, parece que seus olhos vão se afogar nas próprias lá...