23 de março de 2018

Pois

As mais perfumadas rosas se curvam quando você passa, pois elas sabem que teu cheiro é divino.
A Lua, solitária mesmo ao lado do Sol  deseja ter um corpo para aproximar-se do seu, pois ela sabe que mais bonito não há.
E o Sol, mesmo com toda magnitute e potência faz referência a você, pois ele sabe que nem todos os raiosdele são suficientes para abrandar o seu brilho.
Os pássaros ao te ouvirem falar ficam calados para te ouvir e em seguida tentam imitar sua linda voz, mas desistem logo, pois sabem que tal feito é impossível.
Nem toda a suavidade do pêssego seria o bastante a se comparar com a leveza de sua pele
As mais belas paisagens, se curvam diante de sua beleza
E suas qualidades se extendem à sua personalidade
que nem o mais bondoso dentre os homens são capazes de apaziguar

(***)

E eu, permaneço na escuridão mesmo na presença do Sol, permaneço em silêncio mesmo ao lado dos pássaros, nada sinto rodeada das rosas e nada vejo ou toco mesmo com a Lua a refletir no meu rio de lágrimas.




Essa escrevi há anos, mas lhe entrego hoje como se esse texto já lhe tivesse como destinatário no passado, pois o futuro já sabia que nos encontraríamos. 

18.11.14

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale comigo, estranho!

Joy

faço um exorcismo todos os dias (...) respiro e encaro meus demônios eles me sorriem como a morte e então, vez ou outra me en...